Close
5 filmes brasileiros que você deve assistir

5 filmes brasileiros que você deve assistir

O cinema brasileiro existe há mais de 120 anos e já produziu centenas de filmes. Confira 5 que você não pode perder!

A produção nacional no Brasil mantém uma média de lançamento de 90 a 100 filmes por ano. Produções de todos os gêneros, realizadas em diversas partes do país e ganhadoras de diversos prêmios no Brasil e no exterior.

1. Cidade de Deus

Não é de se surpreender que o filme brasileiro mais buscado no Google neste último ano, no Brasil, seja Cidade de Deus. Criado a partir do livro homônimo de Paulo Lins (1977), o filme Cidade de Deus foi lançado no ano de 2002, tendo como diretor Fernando Meirelles. Considerado um dos grandes filmes da última década, Cidade de Deus colocou o Brasil no cenário cinematográfico internacional, a obra foi indicada ao Oscar nas categorias de melhor diretor, melhor fotografia, melhor edição e melhor roteiro adaptado. O filme é narrado por Buscapé, um jovem que vive em uma das favelas mais perigosas do Brasil, ele relata histórias das pessoas que vivem na comunidade e persiste o sonho de ser fotógrafo.

2. Bang Bang

Dirigido por Andrea Tonacci, Bang Bang foi gravado em Belo Horizonte no ano de 1970 e contou com um orçamento muito baixo. Fazendo parte do chamado cinema marginal, na época do seu lançamento Bang Bang não conseguiu ser exibido no circuito comercial do Brasil, ficando restrito a cineclubes e salas alternativas. Já no exterior, a obra foi convidada a participar da prestigiosa Quinzena de Realizadores do Festival de Cannes. Até hoje o filme vem inspirando novos cineastas, permanecendo uma obra atual que traz o cinema como tema e como processo autoral. Paulo César Pereio interpreta o personagem principal de Bang Bang, um ator que está gravando um filme e não consegue distinguir a vida real da ficção.

3. Tropa de Elite

Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Cinema de Berlim em 2008, Tropa de Elite foi dirigido por José Padilha e baseado no livro Elite da Tropa de André Batista e Rodrigo Pimentel. O filme se passa no Rio de Janeiro e relata o dia a dia de policiais e do BOPE em uma missão para garantir a segurança do Papa durante uma visita à cidade. Uma edição não finalizada de Tropa de Elite vazou e foi comercializada antes mesmo do filme ser lançado no cinema. Muitas pessoas acreditam que esta foi uma estratégia de marketing, pois este “acidente” deu uma grande popularidade ao filme no país. Estima-se que mais de 11 milhões de pessoas assistiram ao filme na versão pirata. Para produzir Tropa de Elite o diretor José Padilha trabalhou dois anos com investigações em colaboração com o BOPE, ex-traficantes e psiquiatras da polícia.

4. Estômago

Vencedor de 20 prêmios no Brasil e 16 no exterior, Estômago é considerado um dos melhores filmes do país. Lançado em 2007, o filme foi filmado em Curitiba e em São Paulo e dirigido por Marcos Jorge que o define como “uma fábula nada infantil sobre poder, sexo e culinária”. Inspirado no conto Presos pelo Estômago de Lusa Silvestre, o filme Estômago narra a história de Raimundo Nonato, um nordestino que se muda para São Pulo em busca de uma vida melhor. Na cidade grande ele descobre seu talento nato para a cozinha, com suas coxinhas Raimundo transforma o boteco em que trabalhada em um local de sucesso. Nonato é uma pessoa ingênua e simples, porém rapidamente aprende as regras da sociedade dos que devoram ou são devorados.

5. Auto da Compadecida

Auto da Compadecida é considerado o filme que define a comédia Brasileira. Baseado em uma minissérie de mesmo nome da rede Globo, o filme foi lançado no ano de 2000 e dirigido por Guel Arraes. Considerado o filme brasileiro de maior bilheteria do ano de lançamento, foi visto por mais de dois milhões de pessoas e recebeu críticas positivas na maioria dos países da América do Sul onde foi lançado. Auto da Compadecida mostra as aventuras de João Grilo e Chicó, dois nordestinos pobres que vivem de golpes para sobreviver, eles enganam a todos no pequeno vilarejo de Taperoá, no sertão da Paraíba. A salvação dos dois acontece com a aparição da Nossa Senhora Aparecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close