Close
6 edifícios icônicos da arquitetura gótica

6 edifícios icônicos da arquitetura gótica

Para celebrar a noite de Halloween selecionamos uma lista com os edifícios de arquitetura gótica mais icônicos (e assustadores) de todos os tempos.

A noite de Halloween está se aproximando e entre passeios de caça aos fantasmas, parques de diversões e noites temáticas, há muitas opções para entrar no espírito da noite mais assustadora do ano. Mas você já pensou que a arquitetura também pode desempenhar um papel fundamental na criação de uma atmosfera emocionante?

A arquitetura gótica se desenvolveu na Europa entre os séculos XII e XVI, e depois voltou à tona entre os séculos XVIII e XIX com o estilo neogótico. Associada a grandes janelas, torres pontiagudas e cenográficas, arcos largos e decorações complexas. A arte gótica é elegante, altamente decorada e majestosa. Mas é precisamente nessas enormes catedrais, castelos e torres que o romance gótico ganha vida, com suas histórias de fantasmas e outras presenças misteriosas.

Confira uma lista com 6 edifícios icônicos da arquitetura gótica na Europa que você absolutamente deve visitar:

1. Catedral de Milão, Itália

Impossível não começar essa lista de obras da arquitetura gótica sem citar a maior igreja da Itália: a Catedral de Milão. Construída em meados do período neogótico, esta enorme catedral só foi concluída em 1932. A obra teve uma história conturbada, engenheiros e arquitetos de toda a Europa foram chamados para construí-la. A característica mais fascinante do edifício são as 135 torres e as estátuas inquietantes, que podem ser admiradas ainda melhor ao subir no terraço.

Algumas lendas contam que a catedral é assombrada pelo fantasma de uma jovem noiva, Carlina, que aparece com frequência em fotos de souvenirs.

 

Visualizza questo post su Instagram

 

Un post condiviso da Duomo di Milano (@duomodimilano)

2. Castelo de Bran, Romênia

Se as catedrais góticas são as obras mais famosas e bem-sucedidas dessa veia artística, os castelos góticos são certamente os edifícios mais perturbadores. O Castelo de Bran, também conhecido como Castelo do Drácula, está localizado na Transilvânia e é facilmente acessível em uma excursão saindo de Bucareste. Construído entre 1211 e 1328 o castelo é também famoso por ter sido a casa de Vlad III da Valáquia, também conhecido como Vlad, o Empalador. Muitos acreditam que ele pode ter inspirado o Conde Drácula de Bram Stoker. Hoje, uma visita ao castelo permite ver os apartamentos dos governantes e o Museu Etnográfico da Transilvânia. A área, entre outras coisas, possuí diversos castelos góticos, um dos mais famosos é o Castelo Corvino.

3. Catedral de Colônia, Alemanha

Com seus 157 metros de altura, a Catedral de Colônia é uma das igrejas mais altas do mundo e um dos edifícios góticos mais famosos da Europa. A fachada é esplendida e é considerada Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1996. Com seus campanários cuspidados e pináculos característicos a catedral surpreende e desorienta pela sua grandiosidade. Entre os lugares mais assombrados de Colônia, participe de uma visita guiada a catedral para descobrir todos os seus mistérios.

 

Visualizza questo post su Instagram

 

Un post condiviso da Alex Kaschny (@alex_kaschny_photography)

4. Câmara Municipal de Bruxelas, Bélgica

Esta obra-prima gótica barbantina foi construída no século XV e é considerada Patrimônio Mundial da Unesco desde 1998. A fachada do edifício é decorada com pináculos, dosséis e estátuas que representam profetas, santos e figuras alegóricas. Porém a característica mais famosa deste edifício público é a torre cívica que, devido à sua perfeita harmonia, foi apelidada de “Torre Inimitável”. Acima da torre de 96 metros de altura se encontra uma pequena pirâmide e uma imagem do santo padroeiro da cidade, San Michele.
Parece que a “Torre Inimitável” esconde um erro de projeto: a torre e a fachada do edifício principal estão descentradas. Diz a lenda que o arquiteto desta majestosa obra, tendo descoberto o erro e tomado pelo desespero se jogou no chão da torre que construíra.

 

Visualizza questo post su Instagram

 

Un post condiviso da Fernando Agostinho (@siragostini)

5. Catedral de Vito, República Tcheca

Dentro do complexo do Castelo de Praga, há um exemplo único da arquitetura gótica: a Catedral de São Vito. Esta imponente igreja é um dos símbolos do país e um lugar muito importante no cristianismo, pois preserva uma relíquia bastante sombria: a cabeça de São Lucas. Os trabalhos nesta obra monumental começaram em 1344 e foram concluídos apenas no início do século XX.
No interior, a igreja preserva inúmeros túmulos de príncipes, soberanos e figuras históricas, por isso há grandes chances de o lugar ser assombrado!

 

Visualizza questo post su Instagram

 

Un post condiviso da Gino (@gfoto20)

6. Palácio do Reitor, Croácia

Dubrovnik é uma cidade fascinante, parada obrigatória durante uma road trip na Croácia. A cidade é rica em história e o Palácio do Reitor é um dos lugares que melhor consegue contá-la. O edifício mistura elementos da arquitetura gótica veneziana e renascentista e foi destruído e reconstruído várias vezes. O palácio foi a residência do reitor da República de Dubrovnik e é um edifício extremamente elegante.
Na época, esse prédio público estava localizado a uma curta distância das celas da prisão da cidade. Parece que os diplomatas que visitavam a cidade ouviram até os gritos dos presos, detalhe que ainda hoje só de pensar dá arrepios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close