Close
6 igrejas para visitar em Salvador

6 igrejas para visitar em Salvador

A magia da tradição católica em Salvador.

Diz a lenda que Salvador tem 365 igrejas, uma para cada dia do ano, porém a arquidiocese da cidade afirma que na verdade são 372 igrejas. Com tantas opções decidimos escolher 6 delas que você não pode deixar de visitar.

1. Igreja de São Francisco
Localizada no coração do Pelourinho e classificada como uma das sete maravilhas de origem portuguesa no mundo, a Igreja de São Francisco é capaz de impressionar qualquer visitante. A fachada principal é muito simples, porém o seu interior é deslumbrante. Construída em 1708, dizem que foram utilizados mais de uma tonelada de ouro em pó na decoração da parte interna da igreja. A sua arquitetura reúne elementos do estilo barroco, rococó, neoclássico e maneirismo.

2. Igreja Basílica do senhor do Bonfim
Pode não ser a mais bonita, mas certamente é a igreja mais famosa de Salvador! Graças a tradicional lavagem do Bonfim, quando as baianas e os devotos ao senhor do Bonfim jogam água de cheiro nos degraus da igreja, esta é a celebração religiosa mais importante da Bahia. São oito quilômetros de festa que acontece todos os anos em janeiro. Construída em 1754 para abrigar a imagem do Senhor Bom Jesus do Bonfim, trazida de Lisboa, a arquitetura é em estilo neoclássico e fachada em rococó.

3. Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos
Localizada no Pelourinho, esta igreja levou décadas para ser finalizada, pois foi fundada por uma das primeiras irmandades dos homens afro descendentes do Brasil. A Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos foi construída por religiosos negros e escravos entre 1704 a 1780 (tempo que levou para a finalização da igreja) na época eles podiam trabalhar na construção da igreja apenas durante as suas horas livres. No fundo da igreja existe um cemitério de escravos.

4. Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia

A atual construção da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia iniciou em 1739 e foi finalizada apenas em 1849. Construída em estilo Barroco, com pedras coladas com óleo de baleia, gerações de artesões trabalharam neste projeto. Está entre as igrejas mais antigas de Salvador e guarda relíquias de São Mateus. Dizem que ficou conhecida por este nome por estar perto da praia.

5. Catedral Basílica de Salvador
Dizem que está é a mãe de todas as igrejas católicas brasileiras e a quarta a ser erguida no mesmo local. Localizada no Pelourinho e inaugurada em 1672 a Catedral Basílica de Salvador foi fundada pelos jesuítas e possuí 13 incríveis alteres folheados a ouro. As centenas de obras de arte presentes na catedral têm um valor incalculável. Apesar de ter sido construída durante o período barroco, a arquitetura da Catedral tem um estilo geral maneirista. Após uma reforma de três anos e oito meses, a catedral foi reaberta ao público em 2018.

6. Mosteiro de São Bento da Bahia
A construção do Mosteiro de São Bento da Bahia foi iniciada pelos jesuítas em 1582. Fruto do ambicioso projeto do Frei Macário de São João, o edifício levou quatro séculos para ser finalizado e possuí diferentes estilos arquitetônicos. A igreja foi inspirada na igreja do “Gesu” de Roma, com uma grande cúpula no cruzamento das capelas laterais. O mosteiro possuí um valioso acervo da arte sacra e documentos históricos, com uma biblioteca que contém obras raras que datam de 1500 a 1503.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close