Close
Picasso em 8 pinturas

Picasso em 8 pinturas

A Musement foi conferir oito das pinturas mais icônicas de Picasso e onde encontrá-las.

Pablo Picasso disse uma vez que “a arte é uma mentira que nos faz perceber a verdade”. Como um dos artistas mais prolíficos do século XX, ele nos mostrou sua visão da verdade através da beleza e da emoção. Hoje, suas obras são exibidas e reverenciadas em todo o mundo.

Apesar do fato de que o Museu Picasso de Barcelona, sua casa natal e o Museu Picasso de Málaga hospedam uma grande variedade de obras do artista, algumas das pinturas de Picasso estão espalhadas pelo mundo. Aqui estão oito das pinturas mais icônicas de Picasso e onde encontrá-las.

1. Guernica, 1937

O embaixador do cubismo e uma das maiores obras de Picasso, Guernica é um grande mural com 7.80 metros de largura e 3,40 metros de altura, pintado em preto, branco e cinza. Na obra vemos a interpretação do bombardeio de Guernica que reflete o horror e o caos do ataque que a cidade basca enfrentou durante a Guerra Civil Espanhola em 1937. A história da arte estaria incompleta sem esta obra, é uma pintura para admirar pelo menos uma vez na vida.

Onde: Museu Reina Sofia, Madrid

2. Les Demoiselles d’Avignon, 1907

Para não gerar confusão, devemos esclarecer que Picasso pintou este óleo sobre tela em Barcelona e não em Avignon … na Rua Avignon em Barcelona. Embora a peça tenha recebido uma enxurrada de críticas na época, a transcendência dessa pintura é irrefutável, uma vez que simboliza o início da arte moderna.

Onde: MoMa, Nova York

3. Três músicos, 1921

Nesta pintura a óleo, Picasso criou uma cena composta por três figuras divididas em formas simples sentadas lado a lado. Eles representam um arlequim, um pierrot e um monge, e também há um cachorro ao fundo. A obra foi criada no final do período do cubismo sintético de Picasso e foi pintada durante sua estada em Fontainebleau.

Onde: MoMa, Nova York

4. A mulher que chora, 1937

A obra a mulher que chora, ilustra uma mulher chorando com um lenço de papel nas mãos devido à devastação da Guerra Civil Espanhola. O drama dessa obra cubista se expressa nas cores fortes como o verde, o amarelo e o vermelho que dominam a pintura. Esta obra, de fato, pertence a uma série de mulheres chorosas que compartilham a característica comum de transmitir uma emoção forte.

Onde: Galería Tate, Londres

5. O quarto azul, 1901

Para entender essa pintura, você deve voltar ao período azul de Picasso. Com a influência de Degas e Van Gogh esta pintura retrata uma prostituta que está tomando banho, um reflexo do interesse da artista em pintar corpos femininos em movimento.

Onde: The Phillips Collection, Washington, D.C.The Phillips Collection.

6. Retrato de Dora Maar, 1937

Esta é apenas uma das pinturas que Picasso dedicou à sua musa e parceira romântica Dora Maar. A artista francesa teve um grande impacto na carreira de Picasso, apesar dos altos e baixos do relacionamento entre eles. Picasso a usou como modelo em muitas de suas obras, foi Dora Maar quem documentou a criação de Guernica.
Onde: Museu Picasso, Paris

7. Autorretrato, 1907

O autorretrato ilustra um Picasso de 26 anos em uma etapa anterior ao cubismo. Podemos observar as cores africanas que determinam o período em que a obra foi pintada e como sua série de autorretratos mudou ao longo dos anos com o desenvolvimento de sua carreira e imagem.

Onde: Galeria Nacional, Praga

8. As Meninas, 1957

Como vemos repetido na obra de Picasso, esta pintura faz parte de uma série de pinturas temáticas. Nesse caso, ele reinterpreta a famosa pintura de Velázquez. Embora a cena de As Meninas seja reconhecível, a pintura de Picasso se diferencia por ter uma maior complexidade formal e mudanças de luz e cor.

Onde: Museu Picasso, Barcelona

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close