Close
15 razões para visitar o Cazaquistão

15 razões para visitar o Cazaquistão

O Cazaquistão não pode faltar na sua lista de países para futuras viagens. Aqui estão 15 razões para visitar este país encantador.

A Ásia Central é uma região do mundo em que poucos viajantes optam por explorar. A grande distância entre as cidades e lugares praticamente vazios fazem com que seja difícil visitar a área rapidamente.
Talvez, o Cazaquistão seja o melhor país como primeiro destino, já que tem muito a oferecer e boas opções de transporte para países vizinhos.

Nesta lista de 15 razões para visitar o Cazaquistão, nós selecionamos algumas tradições únicas do país e paisagens belíssimas para conhecer.

1. O Zelenny Bazar, ou bazar vende, em Almaty, oferece uma incrível variedade de comidas e bebidas da Ásia Central. Você também vai encontrar produtos da Coréia, Geórgia, Rússia e Armênia.

2. Algumas pessoas amam o sabor do Kumis, um leite de égua fermentado, e consideram a bebida uma das iguarias da região. O Kumis é amado pelos cidadãos do Cazaquistão, Uzbequistão, Quirguistão, Mongólia e da Rússia. Pessoas que não estão acostumadas com a bebida dizem que o gosto se assemelha a cinzas e passam mal ao bebê-la. Quer você goste ou não, a verdade é que a bebida oferece vários benefícios para a saúde e está profundamente enraizada na cultura asiática. Vale a pena ir ao mercado para experimentar o Kumis, ou até mesmo fazer um dos tours gastronômicos locais oferecidos no mercado.

3. Maçãs são de Almaty. Experimente comer maçãs no lugar onde as primeiras macieiras do mundo nasceram. A população tem muito orgulho do fato e deixam isso bem explícito em diversos lugares pela cidade.

4. O país é enorme, o nono maior do mundo, e é interligado por uma longa rede de ferrovias. Até hoje, os trens da Era Soviética circulam de Almaty para Astana e outros lugares da região. Viajar de trem é uma das melhores formas de ver as intermináveis paradas que existem entre as cidades do Cazaquistão e ter uma ideia do que é a autêntica experiência ferroviária Soviética.


5. Você pode comer um tradicional bife de carne de cavalo por menos de 10 Euros e, acredite, o sabor é ótimo. Um povo que teve um passado nômade, os cazaques trabalham com cavalos há séculos, até hoje, a carne de cavalo é uma iguaria oferecida em muitos restaurantes de Almaty.

View this post on Instagram

Horse meat…🐴🐴🐴

A post shared by Rini Bucan (@rinibucan75) on


6. Todo mês, obras de arte soviéticas são redescobertas em Almaty, a antiga capital do país, por um grupo de pesquisadores do Monumental Almaty. É um ótimo momento para conferir as novas descobertas, que incluem uma representação em mosaico de Lenin atrás de uma parece.

7. “Borat” foi filmado em uma área rural da Romênia e zomba da falta de entendimento do ocidente sobre essa região do mundo. Enquanto a China constrói uma nova rede de rotas que vão ter como destino a Europa – que está sendo chamada de Nova Rota da Seda – nunca houve um momento melhor para saber mais sobre a área que, em breve, terá um importante papel no mundo.

View this post on Instagram

Day 55. The Yellow River. One of its many tributaries blindsiding us after 15 of 18 hours carving a smooth line of rail from Urumqi to Lanzhou, Gansu Province. The number of tunnels and bridges crossed showcases the geo-engineering capabilities China aims to export to other geographically-complex regions in Asia through OBOR. It’s not often you can cross the concept being exported but Gansu gives a real sense of the BRI and its structural manual, thinking and experience to date. I still can’t shirk this murky brown wide drowning the lens with green on either cornea, like the Syr and Amu-Daryas of Bishkek and Almaty a week past, the reminder comes side-window, unfurling and folding downstream, that the BRI is as much a riverine as an oceanic concept. @jeep @csis @uniofstandrews @magellancapital @fca_group #beltandroad #gansu #lanzhou #yellowriver

A post shared by The New Silk Road Project (@the_new_silk_road_project) on

8. O Cazaquistão tem alguns dos mais bonitos lagos, montanhas e rios do mundo. O Parque Nacional de Charyn é simplesmente deslumbrante e está no nível das regiões montanhosas mais conhecidas do mundo.

9. Esportes na neve são muito populares no Cazaquistão. Se você gostar, conheça Medeu, a maior pista de patinação de alta velocidade do mundo.

View this post on Instagram

немного зимний пост в этот жаркий день:) ☕️ Чего не стоит делать в своей жизни, так это ограничивать себя в хороших делах. Хочешь подарить другому человеку позитив – дари. Хочешь приготовить вкусный ужин для себя и другого человека – готовь. Какая разница, а что же подумают другие? Чувствуешь желание – делай. Ведь ты волен выбирать кого можешь и хочешь осчастливить сегодня, с кем желаешь разделить своё счастье, доброту, Любовь и заботу. Не требуя ничего взамен. А просто от души. Тем самым, ты показываешь, что ты действительно человек любящий и щедрый. Ничего не отдавая миру и людям, мало хорошего получишь обратно. #medeu

A post shared by я у мамы медик. (@jemmy.kincaid) on


10. Embarque em um teleférico para Kok-Tobe e aprecie a vista completa de Almaty e das montanhas que cercam a cidade. Muitos visitantes vão gostar de descobrir os Beatles do Cazaquistão, estátuas dos quatro integrantes da banda em que o escultor os fez com aspecto cazaque, em vez de meninos de Liverpool.


11. No último andar da Baiterek Tower, em Astana, existe uma marca de mão em ouro, que pertenceu ao governante Nursultan Nazarbayev, o primeiro presidente da República Independente do Cazaquistão. Os visitantes podem colocar sua mão sobre a marca.


12. O Grande Lago de Almaty é o reservatório de água da cidade que surpreende pelo tom turquesa. Pegue um Yandex (tipo o Uber do continente) para chegar lá e aproveite para tirar muitas fotos deste local incrível.


13. Se a história sobre os nômades na Ásia Central, União Soviética e Cazaquistão for de seu interesse, o Museu Central do Estado (Central State Museum) é fantástico. O andar superior é dedicado à independência do Cazaquistão e ao orgulho nacional dos cazaques. É particularmente interessante porque revela muito sobre como o país deseja se mostrar para o mundo.

View this post on Instagram

Kazakistan Merkez Devlet Müzesi / Central State Museum of Kazakhstan 🌏 . . 1931 yılında kurulan bu müze Kazakistan’ın eski başkenti olan Almatı bölgesinde yer almaktadır. Meşhur Altın Elbiseli Adam zırhı da burada bulunmakta ayrıca zengin bir içeriğe sahip olan bu müze Almatı bölgesinde ziyaret edilmesi gereken en önemli yerlerden biridir. —————— Founded in 1931, this museum is located in the former capital of Kazakhstan, Almaty. The famous The Golden Man armour is also here. This museum with its a rich seam of information, is an amazing place to visit. . . #kazakistan #almatı #kazakhstan #almaty #müze #museum #tarih #history #altınelbiseliadamzırhı #instablog #seyahat #öneri #travel #centralstatemuseumofkazakhstan #bilim #science #ortaasya #arkeoloji

A post shared by @ mutemadiyenyolda on


14. O Cosmódromo de Baikonur é o coração do programa espacial cazaque, que lançou o foguete Sputnik em 4 de outubro de 1957.

View this post on Instagram

Ракета-носитель «Союз-2.1а» с транспортным грузовым кораблем (ТГК) «Прогресс МС-11» вывезена из монтажно-испытательного корпуса и установлена на стартовом сооружении площадки № 31 космодрома Байконур. Запуск транспортного грузового корабля «Прогресс МС-11» с космодрома Байконур запланирован на 4 апреля 2019 года. Цель полета — доставка на борт Международной космической станции топлива, воды и других грузов, необходимых для дальнейшей эксплуатации станции в пилотируемом режиме. Стыковка корабля с МКС по двухвитковой схеме запланирована на 4 апреля в 17:25 мск @russian_space #городракет #скорозапуск #космодромбайконур #первыйкосмодром #байконур #космоснаш #cosmodrome #baikonur #space #spaceman #роскосмос #новостикосмоса #староефото #цветыбайконура #желтыетюльпаны #ирисы #подснежники

A post shared by Cosmodrome_Baikonur (@cosmodrome_baikonur) on


15. De Almaty é fácil chegar ao Quirguistão de marshrutka, ou micro ônibus. O Cazaquistão é a primeira parada perfeita para qualquer um que deseje explorar a Ásia Central completamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close