Close
5 dos museus mais fascinantes do Rio de Janeiro

5 dos museus mais fascinantes do Rio de Janeiro

Visitar um museu é uma experiência unica! Você pode ir ao passado, ao futuro, para outro planeta, mergulhar em um tema… as opções são infinitas.

A cidade do Rio de Janeiro possuí diversos museus, selecionamos cinco que achamos incríveis e compartilhamos um pouco da história de cada um deles com vocês.

1. Museu do Amanhã

Inaugurado em 2015, o Museu do Amanhã é um museu de ciências interativo, com exposições em 3D. A exposição fixa é dividida em 5 etapas e cada etapa é sobre uma questão, de onde viemos? quem somos? onde estamos? para onde vamos? e como queremos ir? Projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava a estrutura do monumento é sustentável, a água do mar é tratada e utilizada no ar-condicionado e no espelho d’água que circula a estrutura, também são utilizados painéis fotovoltaicos na cobertura do museu.

2. Museu Nacional do Rio de Janeiro

Criado por Dom João VI em 1818 o Museu Nacional do Rio de Janeiro inicialmente tinha como sede o Campo de Santana, porém em 1892 o museu foi transferido para o Palácio de São Cristóvão. O museu abrigava um acervo com mais de 20 milhões de itens catalogados, originários de diversas partes do mundo. Em 2018 um incêndio atingiu a sede do Museu Nacional destruindo quase todo o acervo e uma parte da estrutura do edifício. Atualmente o museu se encontra em reforma.

3. Museu de Arte do Rio de Janeiro

Inaugurado em 2013, o Museu de Arte do Rio de Janeiro está localizado na praça Mauá em dois prédios interligados, o Palacete Dom João VI construído em 1916 e o edifício vizinho que antigamente era um terminal rodoviário construído na década de 40. O museu já nasceu com uma escola, a Escola olhar, que possuí uma proposta museológica inovadora, juntando arte e educação em um só lugar. Com oito salas de exposições e 2.400 metros quadrados, todas as exposições por aqui são temporárias e a maioria são uma leitura da cidade.

4. Museu da República

O Museu da República tem como sede o Palácio do Catete, construído em 1867 pelo barão de Nova Friburgo, que viveu aqui com a sua família. Anos depois o Palácio foi sede da Presidência da República, 18 presidentes chamaram o Palácio do Catete de casa. Quando a capital do país foi transferida para Brasília, em 1960 o Palácio do Catete se transformou no Museu da República com o objetivo de preservar a história republicana. Mobiliário, obras, fotos e documentos dos séculos XIX e XX fazem parte do acervo, o edifício possui três andares e um maravilhoso jardim.

5. Museu Histórico Nacional

Criado em 1922, pelo presidente Epitácio Pessoa, o Museu Histórico Nacional possui um acervo de mais de 300 mil peças, dedicadas a contar a história do Brasil. Entre os itens do acervo estão armarias, manuscritos, mobiliário e esculturas. Atualmente é o museu histórico mais importante do país, um gerador de conhecimento nas áreas de museologia e patrimônio cultural, foi sede do primeiro curso de Museologia do país criado em 1932, se tornando uma referência para a constituição de outros importantes museus do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close