Close
6 monumentos imperdíveis em Lisboa

6 monumentos imperdíveis em Lisboa

Lisboa é uma das cidades mais antigas da Europa, dizem que é habitada há mais de 3200 anos.

Com uma temperatura agradável durante o ano todo, gastronomia deliciosa e uma história marcada por diversos acontecimentos, Lisboa se tornou um destino extremamente interessante. Separamos 6 monumentos que não podem faltar no seu roteiro!

1. Torre de Belém

Um dos símbolos mais famosos e visitados de Lisboa, a Torre de Belém foi construída no século XVI a pedido de D. Manuel I. O monumento possuí características do estilo manuelino, com influências islâmicas e orientais que podem ser observadas na parte exterior da construção. A estrutura é formada por dois elementos, a torre com cinco andares e o baluarte. Inicialmente a torre tinha a função de proteger Lisboa dos ataques, com o passar dos anos ela foi perdendo a sua função original e foi usada como farol, e como prisão. Desde 1983 é considerada Patrimônio Mundial pela Unesco e vem recebendo visitantes.

2. Castelo de São Jorge

As primeiras fortalezas do castelo datam do século I a.C., ele foi reconstruído diversas vezes por diversos povos. Porém apenas entre os séculos VII e XI, no período muçulmano, que as muralhas foram construídas e finalizadas. Com a conquista de Lisboa por D. Afonso Henriques o castelo teve o seu período de esplendor, sendo utilizado como moradia oficial do rei e da corte até o início do século XVI. Quando o rei e a corte se transferiram para o Paço da Ribeira o castelo assumiu uma função militar que durou até o final do século XIX. Depois disso o castelo ficou abandonado por muitos anos, sendo requalificado nos anos 40.

3. Oceanário de Lisboa

O Oceanário é um aquário público que eternizou a ligação de Lisboa com o oceano. Inaugurado em 1998, com quatro habitats marinhos ele recebe cerca de 1 milhão de visitantes por ano. Com mais de 30 aquários e 8 mil organismos vivos entre plantas e animais de 500 espécies diferentes o Oceanário de Lisboa tem cerca de 7.500.000 litros de água. A principal atração é o aquário central que possui 5 mil litros de água, com diferentes espécies de peixes representando o oceano global.

4. Praça do Comércio

Uma das praças mais bonitas da Europa, a Praça do Comércio fica localizada no coração de Lisboa, ao lado do Rio Tejo. Atualmente ao redor da praça se encontram edifícios do governo, porém no passado a praça era o local do palácio dos reis de Portugal. No centro da praça se encontra a estátua equestre D. José criada em homenagem ao rei, contornada por 79 arcos a praça foi por muito tempo a entrada nobre da cidade. Hoje a praça é utilizada para eventos culturais e espetáculos, um local que não se pode faltar no roteiro de Lisboa.

5. Mosteiro dos Jerónimos

Construído para celebrar o retorno de Vasco da Gama das Índias, o projeto inicial do Mosteiro dos Jerónimos foi criado pelo arquiteto Diogo de Boitaca em 1501, porém a construção foi finalizada apenas no final do século XVI tendo diversas modificações no seu projeto original. Os monges da ordem de São Jerónimo foram os primeiros a ocuparem o mosteiro, e com o passar dos anos o local também já foi um orfanato e uma escola. Em 1983 o monumento foi declarado Patrimônio Mundial pela Unesco e hoje é um dos locais mais populares de Lisboa e de Portugal.

6. Palácio Nacional da Ajuda

O Palácio Nacional da Ajuda foi construído para ser a residência real da corte portuguesa em Lisboa. Projetado pelo arquiteto Manuela Caetano de Sousa, o rei D. Luís I se transferiu para o palácio em 1861 e viveu ali até o final da sua vida, após a implantação da República no país em 1910 o local se tornou um museu. Aqui é possível admirar importantes coleções de arte dos séculos XVIII e XIX, objetos de cerâmica, esculturas, pinturas e obras famosas de El Grego, Géricault e Moroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close