Close
7 Lugares imperdíveis para conhecer na Patagônia Argentina

7 Lugares imperdíveis para conhecer na Patagônia Argentina

A Patagônia é um destino recomendadíssimo para qualquer um que busque aventuras e paisagens exuberantes. Sendo a região com a maior concentração de geleiras fora das zonas polares, o local oferece trilhas de todos os tipos, das mais fáceis às mais extremas, abrigando pinguins, leões-marinhos e montanhas cobertas de gelo. Um verdadeiro paraíso glacial.

Venha conosco conhecer 7 passeios imperdíveis na parte argentina da Patagônia!

1. Lago Nahuel Huapi

Situado em Bariloche, a maior e mais importante cidade da região, o Nahuel Huapi é um dos lagos de montanha mais belos de todo o mundo. Com impressionantes 450 metros de profundidade e 557km² de área, o Nahuel Huapi é composto por sete braços e diversas ilhas espalhadas em torno dele. Também é conhecido por sua coloração azul-turquesa nos dias mais ensolarados, e todos que conhecem o local dizem que ele se parece mais a um mar que a um lago, já que os fortes ventos da região formam ondas relativamente grandes, isso sem contar que os banhistas curtem o lago como se estivessem na praia, ainda que os banhos sejam menos agradáveis devido à baixíssima temperatura de suas águas.

2. Geleira Perito Moreno

Se essa enorme geleira já impressiona a gente por foto, imagina então ao vivo! Ela está dentro do Parque Nacional Los Glaciares, é Patrimônio da Humanidade da UNESCO desde 1981 e já foi até considerada como a oitava maravilha do mundo. Com mais de 250 quilômetros quadrados de área – a maior do mundo em extensão horizontal – a Perito Moreno tem um acesso bastante fácil e oferece diversas opções de aventuras: desde passeios de barco que passam bem pertinho da geleira até um trekking a ser realizado em cima do gelo. Se você tiver sorte, pode ainda presenciar o majestoso evento do desprendimento de algumas placas de gelo, com estrondos que parecem até trovões de tão altos.

3. A cidade de Ushuaia

A cidade de Ushuaia é conhecida como “a cidade do fim do mundo”, mas calma aí! Não é porque lá aconteçam desastres naturais nem nada do tipo. Seu apelido é esse simplesmente por ser a cidade mais ao sul de todo o planeta, ficando a pouco mais de 1000km da Antártica. O turismo é a principal atividade da cidade durante todo o ano, tanto no verão quanto no inverno. Na estação mais quente, os dias duram até as 23h, com os viajantes tendo tempo de sobra para todos os tipos de atividades: desde passeios pelas ilhas de sua baía, com direito à observação de pinguins, até agradáveis trekkings pelas montanhas que rondam a cidade. No inverno, as estações de esqui ficam cheias de gente para a prática do esporte com seus exuberantes montes nevados ao fundo.

4. Parque Nacional Los Alerces

Este incrível parque repleto de montanhas, lagos, geleiras e muita natureza está localizado na cidade de Esquel, na província de Chubut. Em 2017, foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO devido à sua riquíssima biodiversidade, com aves e outros animais bastante raros que podem ser avistados pelos turistas. O local oferece todos os tipos de passeios, com a possibilidade de se curtir cachoeiras, praias de água doce, trekking por lindos bosques e montanhas, além da prática de esportes radicais como rafting, caiaque e rapel. Também é possível acampar em diversas áreas do parque, que atrai turistas de todas as idades provenientes de diversas partes do mundo.

5. A Rota dos Sete Lagos

Essa famosa rota da Patagônia argentina conecta a cidade de San Martin de los Andes com a Villa La Angostura, e deve ser feita de carro ou através de alguma empresa de turismo que ofereça o passeio. O trecho cruza a área de dois parques nacionais (o Parque Lanín e o Parque Nahuel Huapi) e, apesar do nome, passa por 11 lagos, todos incrivelmente lindos. São apenas 110km de extensão, com ótimas estradas e uma infraestrutura de hospedagens impecável. Fica difícil escolher qual desses é o mais lindo, sendo que todos formam paisagens únicas e exuberantes, com muita vegetação e natureza ao redor.

View this post on Instagram

Catamarán Futaleufú ✨ Bosque Los Arrayanes – Salidas todos los días desde el muelle de Bahía Mansa 🛳 ➡️ 11hs – 14:30hs – 17:30hs. . . . Si queres ir al bosque en bici 🚲 o caminando 🚶🏽‍♀️ y hacer un solo tramo del paseo en catamaran, nuestras salidas desde el bosque de arrayanes son 13hs – 16:30hs – 19:30hs – – 📞 +5492944494004 . . #villalaangostura #patagonia #sur #patagoniaargentina #argentina #paisajesargentina #fotosargentina #argentinanatural #visitargentina #turismoargentina #turismovla #angosturaturismo #bosquelosarrayanes #bosquedearrayanes #catamaranfutaleufu #excursiones #parquenacional #parquenacionalarrayanes #nahuelhuapi #lagonahuelhuapi #nature #lake #ruta40 #sietelagos #ruta7lagos

A post shared by Catamaran Futaleufu (@bosque_los_arrayanes) on

6. Cova das Mãos

Mais um Patrimônio Mundial da UNESCO situado na região, a “Cueva de las Manos” – abriga simplesmente um dos desenhos rupestres mais antigos do continente. Além das marcas de mãos deixadas pelos ancestrais da cultura Tehuelche, a caverna também serve como pano de fundo de imagens representando animais e cenas de caça. Esses desenhos em vermelho e preto feitos com pigmentos minerais têm entre 9,5 mil e 13 mil anos de idade, os quais foram descobertos pelo mundo moderno apenas em 1941.

7. Pinguins em Punta Tombo

Se você gosta de pinguins e quer ver esses carismáticos animaizinhos de perto, você precisa ir até Punta Tombo. Essa é a maior comunidade de Pinguins-de-Magalhães de todo o mundo, além de abrigar também uma grande colônia de elefantes marinhos. Dependendo da época do ano, o turista verá um cenário diferente da vida destas aves marinhas. Isso porque esse local é onde os pinguins adultos fazem seus ninhos, se acasalam e cuidam dos filhotes antes de começarem sua migração em direção ao norte. O turista deve evitar apenas o período de maio a agosto, já que nessa época é mais difícil avistar as aves, que ficam dentro do mar se alimentando.

1 comment

  1. José Cardoso says:

    Excelente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close