Close
Vinhos da América do Sul: 4 regiões para conhecer

Vinhos da América do Sul: 4 regiões para conhecer

Conheça 4 regiões imperdíveis de vinícolas pela América do Sul. Vinhos premiados, muito charme e uma deliciosa gastronomia.

Com uma história de milhares de anos o vinho é uma bebida consumida em quase todos os lugares do mundo. Na América do Sul foi introduzido pelos colonizadores espanhóis e italianos principalmente depois do século XIX, e desde então o vinho produzido por aqui vem conquistando cada vez mais espaço no cenário internacional.

Mendonza, Argentina

A província de Mendoza na Argentina é a principal região vitivinícola do país. Nada menos do que 80% do vinho argentino é produzido por aqui, entre as 1500 vinícolas distribuídas nos 160 mil hectares da região. A província se divide em cinco grandes sub-regiões, Região Norte, Leste, Rio Mendoza, Vale do Uco e Sul, cada uma possuí características próprias o que influencia diretamente no tipo de vinho produzido na área. As uvas mais adaptadas por aqui são Malbec, Cabernet Sauvignon e Chardonnay e as vinícolas mais famosas são Catena Zapata, Bodega Chandon, Andeluna e Vistalba.

Vale dos vinhedos, Brasil

Considerada a principal região vinícola do Brasil o Vale dos vinhedos fica localizado na Serra Gaúcha, entre os municípios de Monte Belo do Sul, Garibaldi e Bento Gonçalves. Por aqui são cerca de 15 mil famílias que trabalham no setor, responsáveis por 90% da produção nacional. A melhor opção para conhecer a região é de carro, são mais de 30 vinícolas onde você encontrará lugares famosos como a Vinícola Miolo até pequenas vinícolas rurais. Degustações, tours guiados e gastronômicos são algumas das opções de atividades por aqui.

Vale do Maipo, Chile

O Vale do Maipo é considerado a única região vitivinícola do mundo construída ao redor de uma capital. Localizado a 20 km de Santiago, não podemos deixar de mencionar que fica aos pés da Cordilheira dos Andes. Com caves que remontam ao século XIX, quando imigrantes espanhóis se instalaram na região fugindo da praga filoxera europeia. Por aqui é possível encontrar uma grande variedade de uvas como Carmenère, Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah, Malbec entre outras. Entre as vinícolas mais famosas do país está a Concha Y Toro, com mais de 100 anos de história, foi o primeiro vinho chileno a ser exportado.

Maldonado, Canelones e Colônia, Uruguai

Maldonado, Canelones e Colônia são as principais regiões produtoras de vinhos do Uruguai, localizadas na costa sul do país, possuem forte influência do Rio da Prata e do Oceano Atlântico. Esta região é frequentemente comparada com Bordeaux na França. A uva Tannat é o símbolo da vitivinicultura do Uruguai, ocupando 1/3 dos vinhedos do país, por aqui se encontram em torno de 300 vinícolas, muitas delas são familiares. Ente as vinícolas mais antigas encontramos a Spinoglio, fundada em 1898, seus vinhos são envelhecidos a quatro metros de profundidade do solo, técnica utilizada para manter a estabilidade de umidade com uma temperatura ente 15 e 17 graus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close