Close
10 Patrimônios da UNESCO na América do Sul que você não pode perder

10 Patrimônios da UNESCO na América do Sul que você não pode perder

A UNESCO é uma agência das Nações Unidas dedicada à manutenção da educação, da ciência e da cultura pelo mundo. Como forma de reconhecimento da importância de um determinado local, essa agência tem uma lista de “Patrimônios Mundiais da Humanidade”. Alguns desses patrimônios são importantes por sua cultura, outros por suas belezas naturais. O fato é que nessa lista existem centenas de lugares da América do Sul, muitos ignorados pela maioria das pessoas.

Confira 10 Patrimônios da UNESCO na América do Sul que você não pode perder.

1. Parque Nacional do Iguaçu, Fronteira do Brasil com a Argentina

Fundado em 1939, o Parque Nacional do Iguaçu é uma reserva ambiental com um cânion e 275 quedas d’água. A passarela de mais de 1km de extensão é uma das atrações principais, possibilitando que os turistas sintam toda a força e o esplendor das cataratas de perto, ficando bem de frente para a Garganta do Diabo, a principal queda do parque. Para quem quiser vivenciar essa exuberância ainda mais de perto, também tem a opção de um passeio de barco, passando pertinho das quedas d’água.

2. Centro histórico de Santa Cruz de Mompox, Colômbia

Ao norte da Colômbia, a 250km de Cartagena indo para o interior, está localizada a cidade de Santa Cruz de Mompox. Fundada no comecinho do século XVI, é um lugar tão bonito, charmoso e bem preservado que parece até se esconder do resto do mundo. Até o final do século XIX, Mompox era o porto mais importante de toda a Colômbia. Dica: caso esteja interessado em viajar para lá, a época da Semana Santa é a melhor para viver as festividades da cidade.

3. Santuário Histórico de Machu Picchu, Peru

Provavelmente você já imaginava que a famosa “cidade perdida dos Incas” fosse considerada um patrimônio mundial da humanidade. Afinal, quantos mistérios e encantos milenares são encontrados nesse local tão incrível! Construída a 2400 metros de altura, Machu Picchu é capaz de encantar qualquer pessoa que conhece o local pela primeira vez.

4. Parque Nacional dos Glaciares, Patagônia

Situado na fronteira do Chile com a Argentina, este parque de preservação ambiental é considerado um patrimônio natural da humanidade pela UNESCO desde 1981. O local é formado por diversos glaciares, sendo um dos mais famosos o Glaciar Perito Moreno, com 5 quilômetros de largura e uma altura de 60 metros.

View this post on Instagram

Driving to El Chalten from the airport in El Calafate, the Patagonia Andes are always imposing. Demanding attention, the vistas change by the minute with each curve in the highway. Passing clouds transform the landscape and provide an ever-changing reality show. All this entertainment before the main attraction…Los Glaciares National Park. Traveling is nourishment for the soul. #argentina #losglaciares #andes . . . . . #besttripever #landscape_lover #landscapephotography #travel #sunrise #mountains #fitzroy #mountfitzroy #nakedplanet #losglaciares #livetravechannel #sunset @argentina @wonderful_places @earthpix @artofvisuals @southamarica @beautifuldestinations @worlderlust @travelstoke @nakedplanet @passionpassport @elchaltenturismo #trekking #hiking

A post shared by Scott Baker Photography (@scottbakerphotos) on

5. Parque Nacional Huascarán, Peru

O Parque Nacional Huascarán é um destino que atende a todos os gostos e tipos de viajantes, com sítios arqueológicos, cidades abandonadas, lagoas lindas e até mesmo glaciares. Destaque para um dos destinos mais procurados: a Laguna 69.

6. Centro Histórico de Valparaíso, Chile

Com suas estreitas e íngremes ruazinhas, Valparaíso é uma das cidades chilenas que mais atrai turistas, considerada pela UNESCO como patrimônio da humanidade por representar “um excelente exemplo do desenvolvimento urbano e arquitetônico ocorrido na América Latina no final do século XIX”.

7. Colonia del Sacramento, Uruguai

A bela cidadezinha de Colonia del Sacramento é capaz de fazer com que qualquer turista se sinta de volta ao Uruguai do século XVIII. Sendo a cidade mais antiga de todo o país (fundada em 1680), sua arquitetura colonial é incrivelmente charmosa, repleta de pontos de interesse histórico e fica à beira-rio, o que dá todo um frescor a mais para o local. O mais legal: se você estiver em Buenos Aires, pode chegar a Colonia del Sacramento através de um barco, o conhecido Buquebus.

8. Centro Histórico de Olinda, Brasil

Lar de um dos carnavais mais famosos do Brasil e do mundo, a cidade de Olinda tem um centro histórico maravilhoso, cheio de construções coloniais, museus e centros culturais, além de inúmeras referências ao universo carnavalesco. Seu carnaval de rua é famoso por seus bonecos gigantes e pelas centenas de blocos de rua que desfilam por suas ladeiras durante um mês inteiro.

9. Arquipélago de Galápagos, Equador

Apesar de ser um arquipélago de ilhas bastante distante do continente, Galápagos é um local tão, mas tão lindo e incrível que não tinha como ficar de fora dessa lista. Além de ter servido como local de inspiração para que Charles Darwin desenvolvesse a teoria da evolução durante o século XIX, Galápagos é considerado a segunda maior reserva marinha de todo o planeta.

10. Centro Histórico de Sucre, Bolívia

Conhecida como “cidade branca” por seu centro histórico repleto de construções do século XVIII e XIX com as paredes pintadas de branco, Sucre é belíssima e conta com uma ótima estrutura de hospedagem e entretenimento no geral. Além de toda a encantadora história da cidade, as montanhas que cercam o local também proporcionam ao turista uma boa diversidade de opções de ecoturismo, como trilhas e até escalada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close