Close
As catedrais mais icônicas da França

As catedrais mais icônicas da França

Da Normandia ao sudoeste, passando por Paris, Musement apresenta seis catedrais francesas listadas como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Entre sítios naturais e culturais a França possui 45 locais declarados Patrimônio Mundial da Unesco. Nesta lista encontram-se um bom número de catedrais, que se destacam não só pela impressionante arquitetura gótica, mas também porque já fazem parte da história do país. Confira um pouco sobre elas!

1. Catedral Notre-Dame de Paris

As margens do rio Sena e seus monumentos mais emblemáticos, incluindo a Catedral de Notre Dame, foram declarados Patrimônio Mundial da UNESCO em 1991. A catedral que é um dos maiores exemplos da arquitetura gótica na França, está sendo restaurada após o trágico incêndio que quase a destruiu em abril de 2019. A Unesco declarou que está fazendo todo o possível para preservar e conservar esta joia do Patrimônio Mundial.

2. Catedral de Chartres

A Catedral da Assunção de Nossa Senhora também sofreu danos consideráveis em um incêndio devastador em 1194, quarenta e nove anos após sua construção em 1145. Após o trágico acontecimento, foi construída uma catedral em estilo gótico sobre as ruínas da antiga Catedral Românica. O resultado? Em 1979, a Catedral de Chartres foi um dos primeiros monumentos a ser incluído na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. Esta autêntica obra-prima da arte gótica está muito bem preservada, e seus muitos vitrais, românicos e góticos, são uma de suas maiores atrações.

3. Catedral Notre-Dame de Amiens

A Catedral de Amiens é uma das maiores igrejas da França e um exemplo maravilhoso da arquitetura medieval. Famosa por sua coerência estilística e arquitetônica, também é famosa por suas esculturas góticas que datam do século XIII. Considerada um dos melhores exemplos do estilo gótico clássico, a Catedral de Notre-Dame de Amiens foi declarada Patrimônio Mundial da Unesco em 1981.

4. Catedral Notre-Dame de Reims

A Catedral de Reims é o resultado da pesquisa e da aplicação de novas técnicas na arquitetura gótica. Considerada não apenas uma verdadeira obra-prima da arte gótica, mas também um emblema das novas técnicas arquitetônicas do século XIII. Em 1991, passou a fazer parte da Lista do Patrimônio Mundial da Unesco, juntamente com a antiga Abadia de Saint-Remi e o Palácio Tau.

5. Catedral de Saint-Etienne de Bourges

Símbolo do poder do cristianismo na França durante a Idade Média, a Catedral de Bourges, cuja construção começou em 1195 e durou até o final do século XIII, é considerada uma das precursoras da arquitetura gótica. Suas proporções harmoniosas e a maravilhosa decoração mais do que justificam sua participação na lista de Patrimônio Mundial da Unesco em 1992.

6. Catedral de Santa Cecilia de Albi

Não só a catedral, mas todo o centro histórico de Albi foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO em 2010. Mas se a cidade episcopal é um destino turístico de referência, é principalmente por causa da catedral e dos 800.000 visitantes que atrai todos os anos. Única em seu gênero, é um dos maiores exemplos do gótico sulista, e a austeridade de seu exterior contrasta com os belos afrescos e murais internos, no mais puro estilo renascentista italiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close