Close
17 regiões vinícolas para visitar ao redor do mundo

17 regiões vinícolas para visitar ao redor do mundo

Hoje, o Musement traz mais informações sobre 17 das regiões vinícolas mais famosas do mundo.

Este artigo vai para todos os viajantes enófilos que gostam de descobrir lugares diferentes pela expressividade de sua variedade de solos e vinhas. O Musement criou uma lista com 17 regiões vinícolas ao redor do mundo para inspirar suas próximas férias repletas de vinho!

1. Vale de Napa, Estados Unidos

No que diz respeito ao turismo do vinho, o Vale de Napa, na Califórnia, é bastante desenvolvido. Quer saber qual a melhor maneira de visitar os lindos vinhedos da região? Basta subir a bordo do Napa Valley Wine Train!
PS: algumas opções de ingresso incluem transfer de ida e volta de São Francisco.

2. Geórgia

Poucos sabem disso, mas a Geórgia é lar de uma das mais antigas civilizações vitícolas do mundo. Se você se hospedar em Tbilisi, a capital (e um popular famoso destino gastronômico), e por acaso visitar o Museu Nacional da Geórgia, terá a chance de conferir de perto descobertas arqueológicas que contam mais de 8.000 anos da história do vinho. Esses objetos muito bem preservados incluem fragmentos de recipientes usados para preservar a bebida desde o século VI a.C.

3. Bordeaux, França

A região de Bordeaux é sem dúvida um dos destinos de vinho mais famosos do mundo, e por bons motivos. De Saint-Emilion à Route du vin de Bordeaux, esta região é o berço de algumas das melhores e mais conhecidas safras do mundo. Se você quiser aprender mais sobre os processos básicos da vinificação, não pode perder essa é uma parada obrigatória.

4. Stellenbosch, África do Sul

As videiras são cultivadas em Stellenbosch desde que os primeiros colonos holandeses se estabeleceram na Cidade do Cabo, em 1659. É o lugar perfeito para provar alguns dos melhores vinhos da África do Sul em um ambiente incrível.

5. Vale do Douro, Portugal

Patrimônio Mundial da UNESCO, as paisagens do Vale do Dourosão impressionantes, se você tiver a chance, faça uma excursão ao Porto, será uma experiência inesquecível.

View this post on Instagram

The oldest vineyards are planted on traditional terraces supported by dry stone walls. These historic walled terraces rise up the rocky slopes like the steps of the Pyramids, the product of centuries of Herculean labour. Now classified as World Heritage, they form one of the world’s most dramatic and inspiring vineyard landscapes. They are longer build today. Patamares are modern terraces cut into the mountainsides using earth moving equipment. They are not supported by walls but are separated by tall earth banks. From a distance or from the air, they have the appearance of giant contour lines. #douro #dourovalley #douroregion #Vineyards #wine #portwine #active #holidays #vacations #inspiration #northernportugal #portugal #wineregion #travel #travelling #igtravel #igportugal #visitportugal #visitdouro #loveportugal #luxury #bestdestination #instatravel #lovetotravel #dourowine #winetourism #douroriver #landscape #winedestinations

A post shared by Douro Valley Wine Region (@douro.valley) on

6. Toscana, Itália

Quando se fala na Toscana, logo paisagens montanhosas cobertas por vinhedos e um lindo pôr do sol nos vêm à mente. A reputação do local está bem estabelecida, especialmente desde que o Tenuta San Guido Sassicaia Bolgheri, safra de 2015, foi eleito o melhor vinho do mundo pela Wine Spectator em 2018. Inúmeros passeios e degustações de vinho estão disponíveis na capital regional de Florença.

7. Lavaux, Suíça

No século XIII, os monges construíram um terraço nas montanhas de Lavaux para plantar videiras. Esta paisagem vinícola única e característica, com vista para o Lago Genebra, foi classificada como Patrimônio Mundial da UNESCO e merece uma visita.

8. Tokaji, Hungria

A produção e a história dos vinhos de Tokaji estão entre as mais interessantes do mundo. Eram os vinhos doces prediletos de Luís XIV, que os chamava de “vinum regum rex vinorum” (rei dos vinhos e vinhos dos reis, em latim), tornando-se assim muito populares em Versalhes. E você não pode deixar a Hungria sem visitar as vinícolas históricas da região, como as que ficam próximas à vila de Szegi.

9. Piemonte, Itália

Os vinhos Barolo e Barbaresco, são os dois maiores astros da região de Piemonte, na Itália. Mas você já ouviu falar do Timorasso? Essa variedade indígena foi salva da extinção. Trata-se de um vinho branco com mais corpo do que as variedades clássicas de uva branca, particularmente apreciadas pelo seu potencial de envelhecimento.

View this post on Instagram

Questo weekend abbiamo girato il video di Mr.Timorasso. L’abbiamo fatto con la speranza che non sia solo il videoclip di una canzone ma che diventi un inno e un manifesto di un territorio e di un vino, nelle cui gocce si nasconde tutta la passione, la libertà e la pazzia di chi lo produce (che avremo nel video, ma non voglio spoilerarvi troppo). Il vino è la cosa che assomiglia di più alla musica: lo impariamo a conoscere da adolescenti e ci accompagna fino alla vecchiaia. Per farlo bisogna bisogna fare un sacco di prove ed essere estremamente sinceri. E poi ce n’è per tutti i gusti e di tutti i generi: dal più indie al più pop, dal più leggero al più hardcore. Se questo video riuscirà a raccontare anche solo la metà di tutte queste cose, io sarò felicissimo ma soprattutto vorrà dire che il nostro regista Davide Bonaldo @fegatd , avrà fatto un lavoro incredibile. Nel frattempo grazie a tutti quelli che hanno partecipato al video: Pietro, il nostro giovane protagonista, la Sobria Orchestra Timorasso (@marciui_80 @leonardo.barbierato @carlotorti @ilquadernodicharlie ), @terrederthona e #stradadelvino e a tutti i ragazzi e le ragazze che hanno ballato con noi al tramonto ieri sera. A breve il video. 💜💜💜💜 • • • • • • • • #timorasso #timorassoderthona #derthonatimorasso #timorassowine #wine #vineyard #indieitalia #indieitaliano #cantautore #vino #mosto #musicadimosto #mostocantautore #mrtimorasso #

A post shared by MOSTO (@musicadimosto) on

10. Hunter Valley, Austrália

Localizado a alguns quilômetros ao norte de Sydney, o Hunter Valley é a região vinícola mais antiga da Austrália e parada obrigatória para todos os amantes da bebida e da gastronomia que visitam o país.

11. Santorini, Grécia

Com seu solo vulcânico, condições climáticas extremas e quase zero de chuva, as vinícolas de Santorini são cultivadas por um método tradicional de poda, chamado “koulouri”. Utilizada apenas em Santorini e Pantelleria, na Sicília, essa técnica protege as uvas do vento e da luz solar, ou seja, uma maneira bem peculiar de se adaptar às condições climáticas locais. É uma parada obrigatória para quem tiver a chance de visitar!

12. Borgonha, França

Terra do vinho e da gastronomia, a Borgonha sempre foi um destino queridinho dos “connoisseurs” do mundo todo. É um destino inevitável para quem busca descobrir o terroir de alguns dos melhores vinhos da França.

13. Sicily, Italy

A Sicília é um destino que raramente deixa os visitantes entediados. Suas vinícolas oferecem uma variedade completa e diversificada de vinhos, cheios de personalidade, que expressam, cada um da sua maneira, a autenticidade do terroir. Dos vinhos secos do Monte Etna e de Pantelleria aos vinhos mais doces de Marsala, o horizonte de descobertas é praticamente infinito.

14. Finger Lakes, Estados Unidos

Bastante desconhecida pelos europeus e brasileiros, a região vinícola de Finger Lakes, no norte de Nova York, a apenas duas horas das Cataratas do Niágara, tem uma reputação excelente. Inclusive, foi eleita Best Wine Travel Destination pela revista Wine Enthusiast em 2015. No local, você pode degustar o Chardonnay dos carvalhos e algumas das melhores Rieslings da América do Norte.

View this post on Instagram

We'll be here all day July 4th, 10 AM to 5 PM, and The Terrace at 1886 will be open! Enjoy a flight of five wines with seasonal local cheese selections on the rooftop of our 1886 Reserve Room. It might be one of the best views of our vineyard and Keuka Lake. See you tomorrow! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #travel #travelblogger #tourism #instatravel #keepexploring #createexplore #iloveny #getoutside #vacationmode #planforvacation #nys #newyorkexplored #iloveny #flx #fingerlakes #keukalake #fingerlakeswine #vacationgoals #wanderlust #winevacation #mytravelgram #traveltheworld #winetasting #winelovers #winetime #instawine #winelover #foodpairing #winepairing

A post shared by Dr. Konstantin Frank Winery (@drfrankwine) on

15. Champagne, França

Se você realmente ama vinho, mas ainda não conhece Champagne, pode adicionar o lugar à sua lista, pois é destino obrigatório. O turismo do vinho é particularmente bem desenvolvido por aqui, e os produtores locais guiam prazerosamente os visitantes na exploração das casas e adegas onde o vinho espumante mais famoso do mundo é produzido.

16. Província de Mendoza, Argentina

Com mais de 70% do total de vinhedos do país, Mendoza é a maior província produtora de vinho da Argentina. Situada a oeste, ao longo da fronteira com o Chile e e a Cordilheira dos Andes, paisagens incríveis tornam a experiência de qualquer visitante enófilo incomparável.

17. La Rioja, Espanha

Além de ser conhecida como a vinícola mais antiga e nobre da Espanha, La Rioja,local onde são feitos alguns dos vinhos mais conhecidos da Espanha, é bem desenvolvida para o turismo de vinhos. Após uma visita ao Vivanco Museum of Wine Culture, recomendamos explorar as vinícolas de bicicleta ou a cavalo, parando para degustação ao longo do percurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close