Close
17 souvenirs comestíveis para levar para casa

17 souvenirs comestíveis para levar para casa

O que a masala indiana, o óleo de argan marroquino e a baunilha de Madagáscar têm em comum? A Musement compartilha aqui 17 ideias para lembrancinhas comestíveis que vão dar às suas papilas gustativas o que falar (e provar) por meses!

Os souvenirs nos permitem prolongar uma viagem mesmo depois de voltarmos para casa – ou oferecer àqueles que não tiveram o luxo de viajar conosco um gostinho daquele destino. No entanto, nem todos nós gostamos de abarrotar a nossa casa com bugigangas, e nem sempre conhecemos os gostos dos nossos entes queridos em termos de moda ou decoração. É por isso que as recordações comestíveis oferecem uma ótima alternativa – desde que não sejam perecíveis ou frágeis.

Para ajudar na escolha, a Musement preparou uma lista de 17 souvenirs comestíveis, em nenhuma ordem em particular, que você vai encontrar em 17 países diferentes.

1. Indonésia: Kopi Luwak

Kopi Luwak é uma aposta arriscada: ou a pessoa sortuda que o recebe de presente ficará encantada (afinal, ele é o café mais caro do mundo) ou ficará completamente enojada (porque ele é um café moído de grãos oriundos de excrementos de gatos civeta, os “luwaks”).

2. Tunísia: Água de flor de laranjeira

Na Tunísia, as flores de laranja são indispensáveis na preparação de produtos de pastelaria e cuscuz. Esta fragrância de água floral encantadora é particularmente versátil e se mantém bem conservada em um frasco afastado da luz.

3. Itália: Vinagre balsâmico tradicional de Modena

Not to be confused with PGI balsamic vinegar, which can easily be found for everyday consumption, o vinagre balsâmico tradicional de Modena nasce de um processo artesanal muito lento que requer entre 12 e 25 anos de maturação. Produzido em pequenas quantidades de excepcional qualidade, este não é um vinagre qualquer, mas sim um produto precioso.

4. Camboja: Pimenta do Reino Kampot

Escolhida a dedo e naturalmente seca ao sol nas províncias cambojanas de Kampot e Kep, a pimenta preta de Kampot é considerada uma das melhores do mundo. Caracterizada por suas notas frutadas e mentoladas, ela acompanha perfeitamente pratos de combinações inovadoras.

5. Marrocos: Óleo de Argan

Utilizado tanto na cosmética como na cozinha, o verdadeiro ouro de Marrocos, o óleo de argan, é produzido na região costeira de Essaouira. Ao longo do caminho que conduz a Marrakech, as cabras empoleiram-se entre as árvores de argan. Não se desconcerte: o óleo de argan é extraído dos frutos secos recolhidos dos excrementos dessas cabras!

6. China: botões de rosa secos

Você sabia que as rosas foram cultivadas pela primeira vez na China e na Pérsia há 5.000 anos atrás? Os seus botões secos ainda são usados na medicina chinesa para ajudar com o fígado e a circulação sanguínea. Se você as trouxer de volta para o Ocidente, pode perfumar chá com elas ou embelezar um copo de champanhe ou uma sobremesa.

View this post on Instagram

#Magic 🌹💫

A post shared by Acupuncture In Tribeca (@acupunctureintribeca) on

7. Inglaterra: Molho Worcestershire

Apesar do seu nome impronunciável, o molho Worcestershire é indispensável para um bom bife tártaro ou Bloody Mary – um emblemático ingrediente inglês.

8. Madagáscar: Baunilha

Madagáscar é o lar da maior produção mundial de baunilha. Você sabia que você pode checar o frescor das favas de baunilha a partir de sua maleabilidade? Uma fava de baunilha fresca pode ser dobrada sem rasgar.

9. Japão: Ameixas umeboshi secas

Excelente para a saúde, a umeboshi também desfruta de uma longa vida útil. Apesar de poucos fora do Japão adorarem estas frutas, os umeboshi são uma lembrança que pode ser particularmente apreciada por qualquer pessoa que esteja enfrentando uma ressaca.

10. Canadá: Xarope de Ácer ou Xarope de Bordo

Do café da manhã ao jantar, o xarope de bordo acompanha muitos pratos do Quebec e do Canadá ao longo do dia. A folha vermelha de ácer é, inclusive, um verdadeiro símbolo do país e encontra-se na bandeira nacional, chamada “Bandeira da Folha de Ácer”.

11. México: Chipotle

Um verdadeiro herói da cozinha Tex-Mex, os jalapeños são uma das pimentas mais utilizados no México. Essa popular pimenta é a base para preparar o chipotle, que são jalapeños secos e defumados – mais fáceis de armazenar e levar para casa ou dar de presente.

12. Turquia: Açafrão

Com a sua fragrância e aroma incomparáveis, apenas dois estigmas (partes delicadas dentro das flores) desta especiaria são suficientes para transformar um prato simples em uma criação complexa e delicadamente poderosa. O açafrão também se conserva muito bem dentro de uma caixa hermética, guardada num local fresco e seco.

13. Espanha: Turrón

Amêndoas, mel, açúcar e um pouco de clara de ovo – esta é uma lembrança doce que certamente vai agradar aos familiares depois do seu regresso da Espanha. Existem diferentes variedades dependendo da região de produção, sendo as variedades turrón de Jijona e Alicante as mais populares.

14. Vietnã: Chá

Uma tradição e verdadeira forma de viver que remonta a mais de 3.000 anos, a cultura do chá no Vietnã é parte integrante do país. As variedades de chá dependem do processamento das folhas e o chá verde é o mais consumido, mas você também encontrará variedades escuras ou Oolong.

15. Argentina: Chimichurri

Na Argentina, cada família tem um frasco ou garrafa de chimichurri na geladeira, e muitas vezes ele é feito em casa. Perfeito para temperar carnes grelhadas ou para acompanhar saladas e empanadas, este condimento também é vendido pronto para consumo.

16. Índia: Garam Masala

É impossível visitar a Índia sem passar em frente a um mercado. E se há um produto que você simplesmente precisa trazer de volta da sua viagem, é o garam masala, uma rica mistura de especiarias usadas em todos os tipos de preparações.

17. Portugal: Conservas de peixe

As lojas de enlatados são uma parte essencial de qualquer visita a Portugal. É claramente impossível resistir à vontade de entrar numa destas lojas com prateleiras do chão ao teto empilhadas com centenas de caixas coloridas. Além disso, é uma lembrança econômica e muito fácil de guardar em uma mala.

View this post on Instagram

YES PLEASE 🐠🐟 #lisbon

A post shared by Kate McInerney (@kateeymac) on

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close