Close
Como se preparar para uma viagem ao redor do mundo

Como se preparar para uma viagem ao redor do mundo

De motivos para se inspirar a obstáculos burocráticos, Musement compartilha cinco dicas para você se preparar para sua viagem ao redor do mundo.

Você já sonhou em viajar pelo mundo, embora nunca tenha tido coragem? Bem, com este post, temos certeza de que você se sentirá apto a conhecer todos os lugares que sempre sonhou. A seguir, você confere uma lista com dicas para não ter nenhum tipo de contratempo.

1. Defina sua rota

É isso: depois de muita agitação, hesitação e deliberação, você finalmente decidiu fazer uma viagem ao redor do mundo! Agora, é hora de tomar algumas decisões mais concretas. O primeiro passo é escolher o seu itinerário. Só você pode determinar suas prioridades e objetivos, quanto tempo terá disponível e quanto dinheiro poderá gastar. Resolvidas essas questões, você pode escolher destinos específicos e o número de paradas que irá fazer, mas também definir a época do ano mais adequada para partir.

2. Dicas de como organizar tudo isso

Você definiu seus objetivos. Mas será que prefere organizar sua viagem em torno das esculturas mais famosas do mundo ou das paisagens mais impressionantes do planeta? Ou então, dos lugares mais extraordinários para “sumir do mapa”? Agora é a hora de escolher os destinos exatos que te permitirão atingir esses objetivos. Entendemos que nem sempre é fácil saber o que cada lugar tem a oferecer, algo que é essencial para definir um itinerário do seu agrado. Assim, achamos que guias de viagens e blogs são excelentes fontes de inspiração, já que oferecem um vislumbre de cada destino. O app do Musement, por exemplo, pode te ajudar a entender a variedade de atividades em um determinado lugar.

3. Seja prospectivo: aspectos de saúde e segurança

Assim que terminar a escolha de destinos e definir seu itinerário, é hora de pensar sobre sua saúde e segurança. Confira se determinados estágios da sua jornada não requerem precauções ou provisões especiais, como vacinas e roupas adaptadas à temperatura e clima/mosquitos/costumes religiosos. Informe-se também sobre a estabilidade política do país que pretende visitar e possíveis recomendações a respeito da segurança de turistas.

Meses antes de partir, faça consultas com seu médico ou dentista. Solicite as receitas médicas necessárias para montar um kit de primeiros socorros no caso de algum imprevisto. Ter um itinerário bem definido também te ajuda a escolher o seguro mais adequado para suas paradas. Não hesite em entrar em contato com diversas seguradoras para ter mais orçamentos antes escolher o plano que mais se adequa às suas necessidades.

4. Pense à frente para lidar com possíveis burocracias

Isso, é claro, inclui vistos. A regra geral é saber se o seu passaporte está atualizado e não está prestes a expirar antes do seu retorno. Muitos países exigem que seu passaporte continue válido por vários meses depois da sua chegada. Verifique também os requisitos referentes à habilitação/carteira de motorista nos países do seu itinerário. Para dirigir em alguns lugares, é necessário ter uma CNH internacional além da sua brasileira.

Tente memorizar o limite de saque do seu cartão de crédito e consulte sua operadora para saber valores de tarifas cobradas sobre transações no exterior. Por cautela, procure ter mais de um cartão. Lembre-se: você pode abrir uma conta online. Não se esqueça de avisar seu banco sobre a viagem e confira a data de validade do cartão. O mesmo vale para sua operadora de telefonia. Verifique as condições de uso no exterior e, para evitar transtornos, leve um segundo telefone (pode ser um modelo barato, mas resistente) para usar com um cartão SIM do país em que estiver. Isso também ajuda a afastar eventuais batedores de carteira.

Por fim, para evitar ter “todos os ovos em uma única cesta”, recomendamos fortemente que você digitalize e faça cópias de documentos importantes, tais como passaporte, carteiras de identidade e de seguro. Envie uma cópia para parentes que residem no mesmo país que você e carregue outra consigo o tempo todo. Outra dica é guardar os documentos originais de identificação, cartões de crédito e telefone reserva em uma mala de viagem, com alça de ombro, que você possa carregar consigo o tempo todo. Não é muito glamoroso, mas as chances de ela ser roubada são menores do que as de uma mochila. Lembre-se de anotar em um caderno números de telefones de pessoas, das instituições pertinentes e da operadora do seu cartão de crédito.

5. Prepare a sua saída, finalize as tarefas administrativas

Viajar pelo mundo também pode significar estar ausente por vários meses — às vezes por mais de um ano. Essa é mais uma razão para preparar bem a sua partida e evitar despesas e dores de cabeça desnecessárias. Se você trabalha, uma das primeiras decisões a serem tomadas será sobre o seu emprego. Você precisará escolher se prefere tirar uma licença ou pedir demissão.

Talvez você precise decidir o que fazer com sua casa, como por exemplo alugá-la. Assim que tomar essa decisão, precisará cuidar dos seus móveis e pertences. Independentemente da sua escolha de alugar ou deixar sua residência permanentemente, provavelmente será necessário vender alguns pertences e guardar os que restaram em outro lugar, o mesmo se aplica ao seu carro.

E por fim, lembre-se de cancelar serviços desnecessários, como TV a cabo, telefone, luz, água, internet, seguro do carro, etc. e decida para onde suas correspondências deverão ser encaminhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close