Close
7 dicas para ajudar você a superar o jet lag

7 dicas para ajudar você a superar o jet lag

Não tem nada mais perturbador que um jet lag depois de uma viagem de fusos muito diferentes. Musement traz algumas dicas para você sentir menos esse golpe.

Seguindo algumas simples regras no seu dia-a-dia e adotando as técnicas a seguir, você conseguirá reduzir significativamente os efeitos do jet lag no seu corpo.

A sonolência, a insônia, o cansaço ou até tudo isso junto pode facilmente acabar atrapalhando nossas férias (ou nossa volta para casa). Portanto, deixamos aqui algumas dicas para ajudar você a reduzir esses sintomas e tornar mais fácil para o seu corpo a adaptação de fuso horário. Não deixe de compartilhar suas próprias dicas nos comentários.

1. Tudo começa antes do voo

Se você sofre muito com o Jet Lag e quer evita-lo, existem algumas técnicas que podem ser adotadas antes e durante o voo. Ainda que possa parecer óbvio, sempre vale repetir: antes da viagem, é importante comer bem, se hidratar bastante e, acima de tudo, evitar o abuso de álcool. Tanto para voos, como para paradas e escalas. Também recomendamos que você evite bebidas alcoólicas e energéticas durante todo o trajeto.

2. Descanse corretamente

Tente dormir o máximo que você puder! Mesmo que não seja fácil para todo mundo, tente aproveitar o tempo de voo para descansar o máximo possível. Cada hora extra de sono aumenta sua energia e o descanso, obviamente, terá valido a pena quando você aterrizar. Entretanto, caso a sua chegada esteja programada para a noite, é melhor evitar dormir durante as últimas horas de voo, a não ser que você queira passar a primeira noite da sua viagem com insônia.

3. Tome algumas precauções durante o voo

Prepare-se para as muitas horas de voo que você tem pela frente. Vista roupas confortáveis, em várias camadas. Leve tudo o que você precisar para se manter quente e confortável. Não saia sem as suas meias de compressão (fundamentais para viagens longas), máscara para os olhos, almofadas de viagem, tampões de ouvido e um livro para não gastar tanto tempo na frente da telinha. Além disso, esses conselhos também são valiosos se você não quer se resfriar no avião. Hidrate-se e coma leve.

4. Nossa mente manda em tudo

Você precisa entrar no ritmo local desde o primeiro minuto em que aterrizar. Já mude a hora do relógio e esqueça de onde você é. Não fique pensando: “Nossa, estou muito cansado porque eu já estaria dormindo a essa hora” ou “Não estou com fome; meu estômago ainda não entrou no ritmo do horário local”. Apague esses pensamentos da mente e faça as mesmas coisas que todo mundo ao seu redor estiver fazendo. Durma no horário local, mesmo que você não esteja cansado – e o mais importante, não durma mais do que o normal. Se você realmente sentir necessidade, pode tirar um cochilo de vez em quando.

5. Mantenha um estilo de vida saudável

Não economize na hora de comer bem: prefira produtos frescos, saudáveis, ricos em vitaminas e potássio. Hidrate-se o máximo que puder, saia, aproveite o ar puro e a luz do dia – acima de tudo, não fique enfurnado. A luz do sol ajudará você a sincronizar seu relógio interno com o horário local. A prática de atividades físicas em momentos apropriados, como uma caminhada, pode te ajudar a se sentir melhor e a melhorar seu sono. Além disso, também aconselhamos que você faça um pouco de exercício logo antes de viajar, como um fortalecimento muscular ou uma caminhada mais rápida, que trarão ainda mais benefícios.

6. Coma com moderação

Evite comer muito antes de dormir.

7. Visite um Quiroprata

Finalmente, você já pensou em marcar uma consulta com um quiroprata? Pouquíssimas pessoas sabem disso, mas seu quiroprata pode ajudar a combater jet lag, trazendo você de volta para o fuso horário correto e melhorando a qualidade geral do seu sono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close